/ Cursos / Cursos com candidaturas abertas

Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna (PLNM)

Unidade Orgânica Faculdade de Letras (FLUC)

Tipo de Formação Curso não conferente de grau

Modalidade de Formação Ensino a Distância (assíncrono)

Língua de Aprendizagem Português

N.º da Edição 19

N.º de horas 50 horas

N.º de ECTS 2

Acreditação CCPFC/ACC - 114553/22

Preço 250€

Datas importantes

Data de Início 14.03.2023

Data de Fim 08.05.2023

Candidatura até 23.01.2023

Apresentação do curso

Os indicadores atualmente disponíveis sobre a posição relativa da língua portuguesa no mundo e sobre o seu peso na atividade económica internacional não deixam dúvidas sobre o potencial de crescimento do seu número de falantes, quer como língua materna, quer ainda, e decisivamente, como língua segunda e língua estrangeira. Saber português torna-se, pois, importante para um número crescente de cidadãos do mundo, por um número muito variado de razões. Nestas circunstâncias, o português, sendo já uma língua de várias cores, reúne condições para o ser mais ainda no futuro. Atender aos contextos em que os aprendentes do português se inserem e compreender os processos que estes mobilizam aquando da sua aquisição/aprendizagem serão, pois, objetivos a cumprir por parte de quem quer participar no seu ensino e na sua disseminação enquanto língua internacional.

Aviso de Abertura:

https://apps.uc.pt/courses/PT/course/6521

Destinatários

O curso pretende corresponder às necessidades de formação básica de um grupo diversificado de profissionais (professores, educadores e outros) que atuam (ou pretendem vir a atuar)na área do ensino de Português como Língua Não Materna (Língua Segunda e Língua Estrangeira). Visa, nesse sentido, reunir estudantes com experiências pessoais e profissionais distintas e mutuamente enriquecedoras nesta área.

Dado, no entanto, o seu perfil propedêutico, o curso adequa-se, igualmente, a todos quantos, cumprindo as condições de acesso, manifestem interesse e curiosidade pelas temáticas a abordar.

Para os efeitos previstos no n.º1 do artigo 8º. do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 200, 210, 220 e 300.

Para os efeitos previstos no artigo 9º. do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 200, 210, 220 e 300.

Fatores de diferenciação

O regime integralmente não presencial permite que a formação se torne acessível a um vasto leque de interessados, independentemente da sua atual localização geográfica e também do horário laboral. Tratando-se de um curso de curta duração com natureza propedêutica, a formação fornecerá bases úteis aos interessados em aprofundamentos posteriores das temáticas tratadas, quer em cursos de pós graduação conferentes de grau, quer noutros cursos de especialização nesta área.

Objetivos

  • Desenvolver uma visão adequada dos diversificados perfis sociolinguísticos, psicolinguísticos e linguísticos dos aprendentes do Português como Língua Não Materna (PLNM);
  • Compreender (i) os processos de aquisição e aprendizagem de línguas não maternas e (ii) os princípios fundamentais de ensino de línguas não maternas;
  • Caracterizar áreas linguísticas críticas dos aprendentes de PLNM

Conteúdos Programáticos

Tema 1. Língua materna vs. língua não materna (língua estrangeira e língua segunda).

Tema 2. Bilinguismo(s) e L2. Para uma definição dos perfis de aprendentes de Português L2.

Tema 3. Interlíngua(s) e fossilização; transferência das LM e mecanismos transversais às LM. Áreas linguísticas críticas dos aprendentes de PLNM.

Tema 4. O papel do ensino na aquisição/aprendizagem de uma L2. Aquisição implícita e/ou ensino explícito da gramática: contributos para a discussão.

Metodologia

O curso Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna encontra-se organizado em 4 temas.

A frequência do curso implica a apropriação das temáticas através de uma plataforma que serve de suporte à aprendizagem. Em cada tema, os conteúdos estão disponíveis sob a forma de texto, intercalados por esquemas/animações e um vídeo síntese, no qual a docente sistematiza os principais aspetos a ter em conta. Como complemento dos conteúdos são disponibilizados ainda, em cada tema, recursos de apoio apresentados em diferentes categorias: textos complementares da autoria da própria docente, artigos científicos, recursos multimédia e referências bibliográficas.

Para completar o curso com aproveitamento, o estudante deverá concretizar atividades que visam (i) clarificar conceitos básicos e (ii) ilustrar a respetiva aplicação a casos e contextos efetivos. As atividades são obrigatórias e afetas a cada tema, de acordo com as datas previamente definidas no cronograma (o plano de atividades é disponibilizado a todos os estudantes no início do curso).

A comunicação é assíncrona, sendo que o estudante poderá participar nas atividades em qualquer horário (dentro das balizas temporais definidas no cronograma), a partir de qualquer local em que tenha acesso à Internet.

Apesar da flexibilidade de tempo e de espaço que tornam particular a modalidade de ensino a distância, o ideal é que o estudante possa cumprir, desde o início, a calendarização das atividades previstas, no sentido de acompanhar o ritmo do grupo de formação. Neste curso, salienta-se a forte componente de interação entre docente e estudantes e entre estudantes, sendo promovida e incentivada a aprendizagem colaborativa.

O roteiro pedagógico desenhado para este curso assenta na prossecução gradual das atividades propostas, existindo atividades cuja adequada concretização depende da conclusão da(s) anterior(es). A docente efetua um acompanhamento regular das atividades e fornece feedback tema a tema.

O curso Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna interseta o método ativo e expositivo, existindo, por um lado, um trabalho expositivo em que o estudante visualiza e apreende os conteúdos teóricos e por, outro, uma metodologia ativa, no momento em que é desafiado a colocar em prática os conhecimentos e a participar em partilhas e debates com a turma.

Avaliação

A avaliação no curso Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna é contínua e sumativa.

Cada um dos quatro temas contempla atividades obrigatórias, cujo peso na classificação final varia consoante o grau de esforço exigido aos estudantes.

Há atividades de natureza individual - questionários (de feedback automático) e envio de ficheiro – e atividades de natureza colaborativa - fóruns, wiki.

Exige-se a realização de todas as atividades (escala de 0 a 20) e o mínimo de classificação final de 5 valores (escala de 1 a 10 conforme CCPFC) para a conclusão do curso com aproveitamento e a obtenção da respetiva certificação.

Certificação

O estudante que conclua o curso com aprovação poderá requerer um diploma emitido pela Universidade de Coimbra, sujeito às taxas e emolumentos previstos. Informação detalhada disponível em www.uc.pt/academicos/propinas/emolumento.

Docentes

Cristina dos Santos Pereira Martins

Coordenadora

Professora Associada do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é doutorada em Linguística Aplicada pela mesma universidade com a tese Línguas em contacto: “saber sobre” o que as distingue. Análise de competências metalinguísticas de crianças mirandesas em idade escolar (2004). Tem desenvolvido investigação nas áreas do bilinguismo e contacto de línguas, aquisição/aprendizagem de L2, desenvolvimento metalinguístico, processamento psicolinguístico e avaliação neuropsicológica. No âmbito da atividade docente, tem lecionado disciplinas de Língua Portuguesa, quer como língua materna, quer como L2, Aquisição e Aprendizagem de L2, Psicolinguística, Linguística Aplicada ao Ensino de Línguas, Fonética, Fonologia e Morfologia do Português. É diretora do 2º ciclo em Português como Língua Segunda e Língua Estrangeira e foi codiretora dos Cursos de Português Língua Estrangeira da FLUC (2015-2018) . Foi, entre 2007 e 2009, coordenadora científica do Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada (CELGA). Coordenadora, docente e autora do curso Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna realizado na modalidade a distância pela Universidade de Coimbra.

Carla Sofia da Silva Ferreira

Professora Auxiliar Convidada na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, é doutorada em Linguística portuguesa: investigação e ensino pela mesma universidade com a tese Usos do Particípio Passado duplo no Português Europeu Contemporâneo: padrões de variação numa amostra de população escolar (2012). Tem realizado investigação em Linguística portuguesa, nas áreas da dialetologia percetual, da variação linguística, da aquisição / aprendizagem de Português como língua não materna. Tem lecionado diversas disciplinas de Língua Portuguesa como L2 (FLUC) e, também, como L1 (1.º ciclo de Engenharia Informática – FCTUC). Na Escola Superior de Educação de Coimbra, lecionou Linguística portuguesa (fonética, fonologia, aquisição da língua). É uma das docentes do curso de ensino a distância da Universidade de Coimbra Aprendizagem e Ensino de Português Língua Não Materna. É investigadora do CELGA ILTEC (Centro de Estudos de Linguística Geral e Aplicada – Instituto de Linguística Teórica e Computacional).

Condições de acesso e ingresso

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO