/ Cursos / Cursos previstos

Envelhecimento Ativo e Saudável - orientações para melhor gestão na saúde e na doença (EAS)

Unidade Orgânica Faculdade de Medicina (FMUC)

Tipo de Formação Curso não conferente de grau

Modalidade de Formação Ensino a Distância (assíncrono)

Língua de Aprendizagem Português

N.º da Edição 14

N.º de horas 81 horas

N.º de ECTS 3

Acreditação N/A

Preço 100€

Datas importantes

Data de Início 25.10.2022

Data de Fim 27.01.2023

Candidatura até brevemente

Apresentação do curso

O curso Envelhecimento Ativo e Saudável – Orientações para melhor gestão na Saúde e na Doença, encontra-se dividido em 3 módulos: o módulo estruturante, o módulo dos pilares interdisciplinares (médico, cuidador e tecnologia) e o módulo do cuidador.

Os temas destacam a interdisciplinaridade necessária ao conhecimento do processo do envelhecimento, que possibilitam uma formação completa nesta área realçando a importância do indivíduo, da sociedade, das escolhas de estilo de vida e da compreensão do envelhecimento no contexto biológico, psicológico e de saúde para a otimização do percurso de vida que proporciona estratégias de prevenção da fragilidade, do declínio físico e cognitivo. A aquisição de competências na comunicação entre serviços clínicos integrados, cuidadores e profissionais de saúde e, no módulo do cuidador, o conhecimento de como ajudar a tratar o idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição e perturbações do sono, são objetivos que pretendemos atingir.

Aviso de Abertura:

https://apps.uc.pt/courses/PT/course/5521

Destinatários

População em geral, nomeadamente Cuidadores de idosos, com preferência a profissionais na área de saúde.

Fatores de diferenciação

Este curso abre uma nova oferta de formação de cuidadores no domínio da geriatria e da gerontologia. O curso junta componentes de ensino teórico estruturante e ensinamentos de natureza prática que irão reforçar competências aos cuidadores de idosos formais ou informais.

Objetivos

No final do curso, os estudantes deverão ser capazes de:

  • Discutir Epidemiologia, Biologia e Fisiopatologia do Envelhecimento, bem como a importância da resposta imunoinflamatória no idoso;
  • Abordar a adesão aos planos de tratamento e à problemática da polimedicação;
  • Aumentar a participação na independência funcional e promover ações para prevenir as quedas e suas consequências;
  • Prevenir a fragilidade e o declínio físico e cognitivo;
  • Otimizar competências na comunicação entre serviços clínicos integrados, cuidadores e profissionais de saúde;
  • Fornecer treino, informação e transferência de tecnologia para os pacientes/utilizadores;
  • Perceber que os espaços amigos do idoso são um recurso fundamental para a promoção da vida ativa e bem-estar e para melhorar as capacidades de autogestão do idoso;
  • Perceber que a nutrição é um pilar na prevenção das doenças crónicas e no declínio funcional e da fragilidade.
  • Ajudar/tratar o idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição, perturbações do sono, obstipação.

O estudante adquirirá competências em 3 áreas fundamentais:

  • No conhecimento das teorias que fundamentam o processo do envelhecimento e dos fatores favorecedores e moduladores da resposta imunoinflamatória nas patologias crónicas mais presentes no idoso.
  • Na intervenção e apoio a planos de tratamento e planos de prevenção e intervenção ao nível da atividade, qualidade de vida e funcionalidade do idoso.
  • Na promoção de boas práticas de tratamento do idoso com alteração da mobilidade, acamamento, diabetes, défice cognitivo/demência, patologia crónica, dor, desnutrição, perturbações do sono, obstipação.

Conteúdos Programáticos

Módulo 1. Módulo Estruturante

  • Tema 1.1 - Epidemiologia, Biologia e Fisiopatologia do envelhecimento
  • Tema 1.2 - Resposta Inflamatória e Imunitária no envelhecimento
  • Tema 1.3 - A Patologia Crónica mais característica do idoso
  • Tema 1.4 - Os benefícios do exercício físico e de uma dieta saudável
  • Tema 1.5 - Os afetos

Módulo 2. Módulo dos Pilares Interdisciplinares (Médico, Cuidador e Tecnologia)

  • Tema 2.1 - Adesão à terapêutica e polimedicação
  • Tema 2.2 - Prevenção e gestão de quedas
  • Tema 2.3 - Prevenção da fragilidade e do declínio físico e cognitivo
  • Tema 2.4 - Soluções integradas de saúde e monitorização remota
  • Tema 2.5 - Espaços amigos do idoso

Módulo 3. Módulo do Cuidador

A importância dos cuidadores e familiares no tratamento do idoso com:

  • Tema 3.1 - Alteração da mobilidade
  • Tema 3.2 - Acamado
  • Tema 3.3 - Diabetes
  • Tema 3.4 - Défice Cognitivo/Demência
  • Tema 3.5 - Patologia crónica (patologia respiratória e patologia cardiovascular)
  • Tema 3.6 - Dor
  • Tema 3.7 - Desnutrição
  • Tema 3.8 - Perturbações do sono
  • Tema 3.9 - Obstipação

Metodologia

O Curso de Envelhecimento Ativo e Saudável organiza-se em 3 módulos de conteúdos: um módulo estruturante que oferece os conhecimentos teóricos fundamentais ao objeto do curso; um módulo que aborda os pilares transdisciplinares - médico, cuidador e tecnologia, que devem ser considerados na abordagem à temática do envelhecimento; e um módulo de carácter mais prático que aborda procedimentos a considerar ao nível da intervenção com o idoso.

Esta estrutura modular, com objetivos, conteúdos e atividades específicas para cada módulo, é sequencial e decorre de acordo com a calendarização indicada no cronograma do curso.

Para cada módulo estão, assim, previstas as seguintes técnicas pedagógicas fundamentais:

  • Trabalho transmissivo: exposição de informação em suporte multimédia;
  • Trabalho individual independente: leitura; análise e tratamento de informação;
  • Trabalho de grupo: discussão e análise de casos práticos;
  • Trabalho demonstrativo: demonstrações de procedimentos no âmbito dos cuidados ao idoso.

Este curso é realizado em modalidade de ensino a distância, não implicando a participação dos estudantes em sessões presenciais.

Avaliação

O curso de Envelhecimento Ativo e Saudável – orientações para melhor gestão na saúde e na doença, tem por base duas modalidades de avaliação:

  • Avaliação formativa – através da realização de um teste de autoavaliação de conhecimentos;
  • Avaliação somativa – através da realização de atividades contínuas definidas para cada módulo.

Às atividades de natureza somativa será atribuída uma classificação quantitativa, expressa numa escala de 0 a 20 valores, sendo que, para aprovação, o estudante deverá obter um mínimo de 10 valores em cada atividade.

Está previsto um período de recuperação para realização de atividades onde o estudante tenha obtido classificação negativa.

Certificação

O estudante que conclua o curso com aprovação poderá requerer um diploma emitido pela Universidade de Coimbra, sujeito às taxas e emolumentos previstos. Informação detalhada disponível em www.uc.pt/academicos/propinas/emolumento.

Docentes

Anabela Mota Pinto

Coordenadora

Licenciou-se em Medicina pela Universidade de Coimbra em 1984 é Professora catedrática desde 2013 na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Regente das Unidades Curricular de Fisiopatologia do Mestrado Integrado em Medicina; “Envelhecimento” no Curso do Programa Doutoral em Ciências da Saúde e “Fisiopatologia do Envelhecimento” no Mestrado de Geriatria. Diretora do Instituto de Patologia Geral na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra. Tem desenvolvido atividade de investigação na área do Envelhecimento na População Portuguesa, tendo várias publicações científicas em jornais. Destaca-se a publicação no âmbito do Curso a distância “Envelhecimento ativo e Saudável” do: - Manual do Cuidador. Coimbra, Portugal: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2019. Mota-Pinto, A;Teixeira-Veríssimo, M; Malva, J. E pela Caritas Diocesana de Coimbra do - Manual de Boas Práticas, 2017 — Prevenção das quedas em Idosos

João José Oliveira Malva

Licenciou-se em Biologia pela Universidade de Coimbra em 1987. Na mesma universidade apresentou provas de doutoramento em Biologia Celular, em 1997, e provas de agregação em Biomedicina, em 2009. Foi professor no Departamento de Biologia da Universidade do Minho (Assistente Estagiário, Assistente e Professor Auxiliar). Desde 1999 é Investigador da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (Investigador Coordenador desde 2016). Tem desenvolvido atividade de investigação no domínio das Neurociências, com foco principal em novas estratégias neuroprotetoras e regeneradoras de tecido cerebral com recurso à modulação de processos inflamatórios e células estaminais (ou células tronco). Liderou o Consórcio Ageing@Coimbra, que esteve na base do reconhecimento da Região Centro de Portugal como região europeia de referência para o Envelhecimento Ativo e Saudável. Foi "Deputy Director" da EIT Health / Innostars (EIT Health, Comunidade do Conhecimento e Inovação). Foi Presidente da Sociedade Portuguesa de Neurociências (2007-2011) e é membro pleno da European Dana Alliance for the Brain (EDAB). Foi Vice-Director do Instituto de Investigação Interdisciplinar (iii) da Universidade de Coimbra e coordenador da candidatura H2020 Teaming para o Instituto Multidisciplinar do Envelhecimento, MIA-Portugal.

Manuel Teixeira Veríssimo

Regente da Unidade Curricular (UC) de Geriatria do Mestrado Integrado em Medicina da FMUC. Coordenador do mestrado de Geriatria da FMUC. Regente da UC “Nutrição e Envelhecimento” no Curso do Programa Doutoral em Ciências da Saúde da FMUC. Regente da UC de Nutrição e Saúde do Curso de Doutoramento em Ciências do Desporto, Regente de diversas UCs nos mestrados de Geriatria, Nutrição Clínica, Cuidados Continuados e Paliativos, Nutrição em Populações Especiais e Medicina do Desporto. Assistente Graduado Sénior de Medicina Interna dos CHUC. Especialista em Medicina Desportiva pela Ordem dos Médicos. Competência em Gestão de Serviços de Saúde pela Ordem dos Médicos. Competência em Geriatria pela Ordem dos Médicos. Presidente da direção da Competência de Geriatria da Ordem dos Médicos. Past Presidente da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna. Past Presidente da Sociedade Portuguesa de Aterosclerose. Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Ciências da Nutrição e Alimentação. Mais de 1000 apresentações/moderações em congressos e outros eventos científicos. Mais de 200 publicações em livros e revistas científicas. 20 prémios de mérito científico.

Especialistas Convidados

Albertina Oliveira | Ana Todo Bom | Ana Valentim | António Cunha | António Damasceno | Carlos Fontes Ribeiro | Carlos Robalo Cordeiro | Catarina Resende de Oliveira | Eunice Carrilho | Isabel Santana | João Apóstolo | João Páscoa Pinheiro | João Tavares | Joaquim Cerejeira | José Pereira da Silva | Lèlita Santos | Leonor Gomes | Lino Gonçalves | Manuel Santos Rosa | Margarida Pedroso Lima | Padre Luís Costa | Paula Santana | Pedro Figueiredo | Raul Martins | Vítor Rodrigues

Condições de acesso e ingresso

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de utilização. Ao navegar aceita a política de cookies.
OK, ACEITO